Artigos

10 de novembro de 2015

4 SINAIS DE QUE CHEGOU A HORA DE VENDER SUA EMPRESA

O momento quando a sua empresa está indo bem no mercado, conseguindo um crescimento organizado e gradativo, além de obter lucratividade e boa prospecção é, sem dúvida nenhuma, a melhor ocasião para se vender a empresa. Afinal, se ela estará valorizada, os investidores estarão de olhos abertos nos benefícios futuros que poderão obter com esse negócio. Mas isso não é uma realidade sempre. Por isso, não adianta contar com a sorte ou esperar uma boa oferta cair do céu, mas é preciso interpretar os sinais, identificando a hora ideal para vender sua empresa.

Mercado favorável
Existem conjunturas que favorecem as transformações corporativas, quando os investidores estão sondando o mercado para fazer frente aos concorrentes. Em geral, quando acontece uma nova fusão ou incorporação em alto nível de algum setor, ocorre uma mexida em cadeia em todas as atividades relacionadas. Nesses períodos, é possível aproveitar a boa liquidez e a procura por novos negócios e vender a empresa na janela de oportunidade que foi aberta temporariamente.

Você não quer mais trabalhar no negócio
Quando você sente que não tem mais aquela tenacidade ou prazer em ficar à frente dos seus negócios, se vem se estressando ultimamente com parceiros e sócios e já não gosta mais tanto assim do segmento de atuação em que sua atividade está inserida, significa que está na hora de vender a sua empresa.
Tenha em mente que esses e outros fatores subjetivos, todos de ordem pessoal e emocional, podem afetar negativamente os resultados da empresa. Portanto, o melhor é se desfazer do negócio enquanto estiver equilibrado, em vez de tocar o barco com a vontade em baixa, antes que sua empresa venha a naufragar.

Surgiu uma oferta irrecusável
Você tem os dados financeiros da sua empresa em mãos, além de ter imaginado os cenários futuros e feito projeções para sua empresa nos próximos anos, chegará a um valor confiável para ela. Mesmo assim, um investidor ofereceu-lhe uma soma ainda maior para adquirir seu negócio?
Bem, nesse caso, se a capacidade financeira do comprador foi pesquisada e garantida, essa pode ser uma oportunidade excelente para negociar a empresa. Além disso, o novo dono do negócio também sairá ganhando, porque deve ter vislumbrado uma forma de lucrar muito mais, incorporando o potencial de sua empresa aos outros negócios que ele já possui.

Passivo grande, mas com mercado promissor
Existem momentos quando a empresa traz passivos volumosos a amortizar a médio ou longo prazo. Esse é o caso, por exemplo, das dívidas relacionadas a questões trabalhistas, empréstimos feitos em instituições financeiras tocar o negócio, entre outros, porém, ao mesmo tempo, apresenta um mercado promissor – com suas mercadorias ou serviços sendo mais e mais aceitos por vários consumidores e conquistando um público crescente.
Dessa forma, a projeção para o futuro é favorável, o que mostra que o valor da empresa não pode ficar somente adstrito aos seus números contábeis. Afinal, as perspectivas vindouras podem ser muito boas, o que pode impactar positivamente em uma negociação de venda.
Apesar das indicações acima, é comum entre o empresariado brasileiro a ideia de que não se vende, sob nenhuma forma, uma empresa que seja rentável e financeiramente sadia. Mas isso nem sempre é verdade. O mais importante é saber o legítimo valor que o negócio tem, para que todas as partes envolvidas na transação saiam ganhando.
Assim, independentemente da capacidade e do conhecimento do empresário, ou do porte da empresa, é importante que as negociações sejam conduzidas por profissionais e especialistas no ramo, a fim de intermediar a compra e venda com total segurança e confiabilidade. O valor justo, afinal de contas, é sempre o melhor negócio.

Se você identificou algum desses sinais – ou mesmo todos eles, mas ainda não tem certeza sobre a venda da sua empresa, entre em contato com a gente, pois poderemos lhe ajudar nisso.

Voltar para todos artigos

Confira nossas oportunidades de negócios



Confira também nossas publicações e posts exclusivos

salesforce

Operação de M&A no setor de software, no valor de R$ 58 bilhões, agita o mercado

analise-do-ipo-da-hapvida-capa

Grupo América (Promed, América, AME) de Goiás é vendido por R$ 426 milhões para a HapVida

unilever

Unilever faz a aquisição da lavanderia SmartLav

duratex-share

Duratex assina contrato para aquisição da Cecrisa por quase 1 bi