Artigos

Como calcular o EBITDA da sua empresa?

16 de junho de 2016

ebitda3
Hoje em um processo de venda de uma empresa em uma operação de M&A (Fusões e Aquisições), uma das metodologias mais utilizadas para avaliar uma empresa (Valuation) é o múltiplo de EBITDA (earnings before interest, taxes, depreciation and amortization) ou em português, LAJIDA (Lucro Antes dos Juros, Impostos, Depreciação e Amortização). Nestes anos de experiência […]

Leia mais

Para que serve Due Diligence em um processo de Venda de empresa?

10 de junho de 2016

due-dilligence
Due Diligence ou Diligência é um processo imprescindível e importante de revisão das informações que devem ser fornecidas em um processo de venda de empresa em operações de M&A (Fusões e Aquisições) pelo possível comprador antes de efetivar a compra com o objetivo de validar e/ou confirmar os dados financeiros, as receitas e despesas, contratos […]

Leia mais

Avaliação de Desempenho de uma Empresa por Índices de Liquidez

27 de maio de 2016

liquidez- empresa
Neste artigo vou mencionar 4 importantes índices que constituem um instrumento básico para Análise de Balanço de uma empresa, que é a atividade que busca identificar fatores positivos ou negativos sobre a saúde financeira, econômica e administrativa das empresas nos números divulgados em seus balanços patrimoniais, assim ajudam avaliar qual a capacidade de pagamento da […]

Leia mais

S.A. ou Ltda., qual escolher para constituição de sua empresa?

26 de maio de 2016

sa ou ltda
Neste artigo busco uma explicação mais breve sobre algumas diferenças entre a Sociedade Anônima (sociedade de capital) e a Sociedade Limitada (sociedade de pessoas). Ambas são distintas em suas estruturas e normas regulamentadas e devem ser muito bem analisadas na hora de optar pela constituição da empresa, pois há muitas dúvidas quanto à escolha por […]

Leia mais

Confira também nossos posts sobre negócios

Fleury2

Fleury compra empresa dona da Lafe Laboratório por R$ 170 milhões

helaba

Banco alemão Helaba estreia no Brasil com taxas de 3 a 5% para financiar empresas