Posts

Lider mundial em intermediação de compra e venda de empresas, fusões e aquisições.

1 de dezembro de 2020

Centauro conclui compra da Nike no Brasil em uma operação de M&A de 1 bilhão.

O Grupo SBF, grupo empresarial que controla as lojas Centauro, ByTennis, Almax Sports, fundada em 1981, em Belo Horizonte/MG por Sebastião Bomfim Filho, anunciou nesta terça-feira, 1º de dezembro, a conclusão da compra dos ativos da Nike no Brasil (closing da operação de M&A), por volta de R$ 1,032 bilhão em fevereiro, e aguardava aprovação do CADE.

Com isto a empresa será distribuidora exclusiva no Brasil de produtos da Nike, sendo varejista exclusiva de lojas físicas da Nike, podendo abrir e operar pontos de venda da marca no Brasil por um período inicial de cinco anos. A Nike não divulga dados financeiros sobre a operação brasileira. No comunicado enviado aos investidores, o Grupo SBF informou que a Nike faturou R$ 2 bilhões no exercício encerrado em 31 de maio de 2019.

A Centauro tem cerca de 200 lojas em mais de 20 estados, além do e-commerce, a empresa nasceu com a missão de democratizar o esporte e moda casual no Brasil. No último ano fiscal a empresa teve uma Receita Líquida superior a 2 bilhões de reais, 2 milhões de clientes.

O negócio, que havia sido contestado pela Netshoes, alvo de aquisição da Centauro mas que acabou sendo comprado pela Magazine Luiza, foi aprovado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) no início de novembro. A aprovação ocorreu mediante acordo para “garantir tratamento isonômico na distribuição dos produtos da Nike”, informou o Cade na ocasião.

Segundo relatório da Eleven Financial, a Nike tem 10% de participação de mercado e é a segunda marca em volumes de venda no setor, atrás da Olympikus. Em termos de receita, ocupa a primeira posição ; por ter ticket médio mais alto do que a principal concorrente. Já o Bradesco credita à Nike 21% de participação nas vendas de artigos esportivos, que chegam a R$ 25 bilhões, e os negócios da marca na Centauro correspondem a 15% das receitas no Brasil.

O negócio de M&A, que havia sido contestado pela Netshoes, alvo de aquisição da Centauro mas que acabou sendo comprado pela Magazine Luiza, foi aprovado pelo CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) no início de novembro. A aprovação ocorreu mediante acordo para “garantir tratamento isonômico na distribuição dos produtos da Nike”, informou o Cade na ocasião.

Escrito por:  FT Aquisições, assessoria especializada em M&A (Fusões e Aquisições)

Fontes: Fato Relevante Centauro, CNN Business, Money Times, Valor

Confira nossas oportunidades de negócios



Confira também nossos artigos

DRE

O DRE e sua importância na hora de vender sua empresa

Acesse este conteúdo
House-Equity3

Você conhece a nova modalidade de empréstimo, o Home Equity?

Acesse este conteúdo
img-artigo-003

4 SINAIS DE QUE CHEGOU A HORA DE VENDER SUA EMPRESA

Acesse este conteúdo
universty

Panorama atual de Fusões e Aquisições no setor de Educação

Acesse este conteúdo